RELÓGIO

BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

SEGUIDORES DO LINK POLÍCIA FEMININA

CONTADOR DE VISITA

contador

CONHEÇA A QUERIDA E AMADA TERRA DE SANTA LUZIA

EQUIPE OESTE NEWS

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

PRIMEIRAS POLICIAIS FEMININAS DA PMRN

No dia 7 de janeiro de 1991 o então comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte criou na estrutura de nossa gloriosa e amada corporação, um contingente feminino, contendo duas oficiais, as tenentes MARIA TEREZA MELO DOS SANTOS, natural de Natal, nascida a 15 de dezembro de 1966, filha do Coronel PM Francisco Libório dos Santos e de Maria José de Melo e Silva, e ANGÉLICA FERNANDES DE OLIVEIRA, natural de Natal, nascida a 18 de maio de 1967, filha de José de Sá Oliveira e de Vilma Fernandes de Oliveira, ambas ingressaram na PM em 12 FEVEREIRO DE 1987, como as duas primeiras oficiais da PMRN e 57 soldados femininos, cujas mulheres ingressaram na PM no dia 14 de dezembro de 1990, conforme BCG Nº 233 (NA PRÓXIMA EDIÇÃO, VEJA OS DADOS PESSOAIS DA 1ª TURMA DE SOLDADOS FEMININOS DA PMRN). Veja a seguir o teor da Portaria que criou o primeiro contingente feminino na PMRN.
PORTARIA Nº 001/91-PM/1-EMG, NATAL-RN, 7 DE JANEIRO DE 1991
Cria o contingente feminino na Polícia Militar do Rio Grande do Norte
1 – O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 3º do Decreto nº 7.668, de 3 de agosto de 1979.
RESOLVE:
2 – Criar nesta Organização Policial Militar, em caráter provisório, um contingente de Polícia Militar, composto de 2 (dois) Tenentes e 57 (cinqüenta e sete) Soldados Femininos.
3 – O referido contingente fica adido à 1ª CPM/1º BPM, para todos os fins regulamentares, até segunda ordem, e deverá ser empregado nas atividades meio e fins desta PM.
4 – O aludido contingente permanecerá aquertalado no CFAP.
5 – Publique-se em BCG e arquive-se na 1ª Seção EMG.
(as)
VIRGÍLIO TAVARES DA SILVA, Cel PM
Cmt/Geral da PMRN
(PUBLICADA NO Boletim do Comando Geral, nº 006, de 9 de janeiro de 1991 – página nº 089).
DECRETO QUE CRIOU A COMPANHIA DE POLÍCIA FEMININA RN

DECRETO9 Nº 11.472, DE 7 DE OUTUBRO DE 1992
Dispõe sobre a Companhia de Polícia Feminina da Polícia Militar é dá outras providências
O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 64, incisos V, da Constituição Estadual, combinado com o artigo 46 da Lei Complementar nº 090, de 4 de janeiro de 1991.
DECRETA:
ART. 1º - Para atender às necessidades de segurança pública, no território estadual, fica ativado, sob a denominação de Companhia de Polícia Feminina, coma estrutura prevista nos anexos I e II, o Corpo Policial feminino integrante da organização da Polícia Militar, nos termos do artigo 139, parágrafo único, da Lei Complementar nº 090, de 4 de janeiro de 1991
Art. 2º - A Companhia de Polícia femina, também denominada, abreviamente, Cia de Polícia Feminina ou Cia. P. Fen, tem por missão:
I – A execução de policiamento ostensivo, compatível com a formação dos seus integrantes;
II – as atividades, de natureza preventiva, necessárias à garantia da ordem pública;
III – a cooperação com as atividades de:
a) prevenção e repressão da violência contra a mulher, a crian.a , o adolescente e o idoso;
b) defesa civil;
c) Proteção ao meio ambiente;
IV – em caráter suplementar:
a) o policiamento do trânsito urbano e rodoviário;
b) o policiamento escolar
§ 1º - Para os fins do inciso III, “a”, a Cia de Polícia Feminina deve articular-se com o Conselho Estadual da Mulher (CEM), sendo facultada a designação:
a) por ato do Comandante Geral da Polícia Militar de policiais femininos para ficarem à disposição do referido órgão;
b) por ato do Governador, de Oficiais do Corpo feminino para integrar o respectivo Conselho Deliberativo;
§ 2º - Por conveniência administrativa, a Cia de Polícia feminina pode ser também designada para colaborar na execução de atividade-meio.
Art. 3º - A Cia, Feminina é uma subunidade que se subordina, para fins operacionais, ao Comando de Policiamento da Capital (CPC).
Art. 4º - O Comando da Cia, Feminina é privativo de Capitão e o Subcomando de 1º tenente.
§ - 1º - Enquanto não houver Capitão do Corpo Policial Feminino (QOP), o Comando pode ser executado por 1º ou 2º tenente.
§ 2º - A Cia é integrante por 3 (três) Pelotões, implantados de forma gradativa, de acordo com as necessidades do serviço;
§ 3º - Aos tenentes da Cia de Polícia Feminina incumbem as funções de Comando de Pelotões, para as quais forem designados, cumulativamente com as atividades administrativas inerentes a P/1, P/2, P/3 e P/4.
Art. 5º - O efetivo da Cia. De Polícia Feminina é composto de oficiais, graduados e Soldados, na conformidade do disposto na Lei de Fixação do efetivo da Polícia Militar e do Quadro de organização constante do anexo II.
Art. 7º - À Cia. De Polícia Feminina aplicam-se o Decreto nº 8330, de 2 de fevereiro de 1982, sobre a movimentação de oficiais e praças da Polícia Militar, bem como, no que couber, as demais normas legais e regulamentares especificas da Corporação e, supletivamente, a as relativas do Exército.
Art. 7º - O Comandante Geral da Polícia Militar fica autorizado a baixar os atos e instruções complementares da estrutura sobre:
I – as etapas de implantação da estrutura administrativa da Cia feminina;
II – a composição de Pelotões;
III - as atribuições dos órgãos e do pessoal;
IV – o preenchimento dos postos e graduações;
V – a distribuição dos serviços e a definição de responsabilidades por sua execução;
VI – outras providências compatíveis com a legislação em vigor
Art. 8º - despesas decorrentes da execução do presente Decreto correm à conta das dotações próprias do orçamento geral do Estado
Art. 9º - O presente Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário
Palácio Potengi, em Natal, 7 de outubro de 1992, 104º da República.
JOSÉ AGRIPINO MAIA
Manoel de Medeiros Filho
Publicado no DOE-RN de 8 de outubro de 1992, edição nº 7.881

BRASÃO DA POLÍCIA FEMININA DO RN




MULHERES POTIGUARES NA GLORIOSA E AMADA
POLÍCIA MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE.
BRASÃO


CRIAÇÃO DO BRASÃO DA CPFEM
10 de agosto de 1995 em que o 3º Sgt PM Fem Marta Matias de Carvalho comunicou a este Comando haver contribuído com a criação do brasão da Companhia de Polícia Feminina, por ter sido a autora do modelo aprovado e publicado no BG nº 138 de 26 jul 95, solicitou providências no sentido de que se faça constar nos seus assentamentos dita autoria, dei o seguinte despacho: Como solicita, publique-se, registre-se e arquive-se.

O brasão da CPFEM-COMPANHIA DE POLICIA FEMININA foi aprovada pela PORTARIA Nº 020/95, de 19 de julho de 1995, publicada no BG N º 138, de 26 de julho de 1995
DESCRIÇÃO HERÁLDITA DO BRASÃO DA CPFEM
1 – Escudo português esquartelado, filetrado de ouro, encimado de um castelo, na cor do doble, de base um arco em toda extensão de chefe, com cinco terrões e quatro anéis, representando a Fortaleza dos Reis Magos, “defensa prima” de território potiguar. Sob o arco de castelo, ao centro, estrela de cinco pontas, de ouro, lembrando o PM deve manter aguçado os cinco sentidos
2 – CAMPO
2.1 – Quartel destro superior: de sinopla, composto de um “boné lady” sobre ramo com folhas e flor, em abismo, simbolizando a sutiliza feminina e sua presença na PM RN.
2.2 – Quartel sinistro superior: de goles, contendo em abismo duas garruchas de ouro, cruzadas simbolizando a Polícia Militar
2.3 – Quartel destro inferior: de goles, com duas espadas em duelo, de sable, rememorando participação da PMRN em campanha;
2.4 -0 Quartel destro inferior: de blau composto de três ramos de algodão com folhas e capulho, entrelaçado sobre duas pirâmides de sal-marinho, tudo em abismo, representando riquezas vegetais e minerais do Estado.
3 – LISTEL
De faixas blau e goles, cores heráldicas da PM RN, carregado de divisa Polícia Feminina, deline

CPFEM – COMPANHIA DE POLÍCIA FEMININA
A CPFEM foi criada na administração do então governador José Agripino Maia, em sua segunda administração e na gestão do então comandante geral da PM, Coronel QOPM Luiz Pereira, através da Lei nº 6.344, de 7 de outubro de 1992, e estruturada pelo Decreto nº 11.477, de 7/10/92.



A CPFEM atua na suplementação de policiamento, dando um passo efetivo, pra o reconhecimento da mulher potiguar, também no campo de segurança pública.

PRIMEIRA COMANDANTE
A primeira comandante da CPFEM foi a 1ª tenente Fem Angélica Fernandes de Oliveira Azevedo

DADOS PESSOAIS DAS OFICIAIS DA PMRN




01 - MARIA TEREZA MELO DOS SANTOS, natural de Natal, nascida em 15 de dezembro de 1966, filha de Francisco Libório dos Santos e de Maria José de Melo Silva dos Santos, com 1.61m de altura, rosto aval, cútis morena, cabelos castanhos médio ondolado, olhos castanhos médio, nariz reto, boca regular. Tipo sanguíneo ‘0” positivo. Ingressou na Polícia Militar em 12 de fevereiro de 1987, como aluna-a-oficial. Concluiu o CFO na Academia de Polia Militar de Paudalho-PE. Foi A primeira mulher a ingressar na Polícia Militar do Rio Grande do NBorte, como também foi a primeira mulher potiguar a galgar ao posto de major.



02 – ANGÉLICA FERNANDES DE OLIVEIRA, natural de Natal, nascida a 18 de maio de 1967, filha de José de Sá Oliveira e Vilma Fernandes de Oliveira, com 1,66m de altura, rosto aval, cútis morena, cabelo castenho médio ondulado, olhos castanhos claro, nariz reto, boca regular. Tipo sanguíneo “A” positivo. Angélica foi a 6ª colocada, com média de 6,19.


03 – ISABEL MELO DOS SANTOS, natural de Natal, nascida a 2 de outubro de 1970, filh DO CORONEL PM Francisco Libório dos Santos e de Maria José Melo Silva, aprovada nos exames vestibulares do CFO/1993 da Polícia Militar do RN. Publicado no BCG Nº 037, DE 01 DE MARÇO DE 1993










04 - Tenente LDIDIANE





05 - Lígia Magnos de Paiva , filha de Geraldo Antônio de Paiva e Luiza Gabriel de Paiva, nascimento: 26/02/1976, naturalidade: Natal/RN, portadora da Cédula de identidade: 1.435.584 ITEP/RN e CPF: 915.611.404-49. Matrícula funcional n.º 114.278-0.




06 - Pettra Barbosa de Melo, filha de Gerson Barbosa de Melo e Letice Silva de Melo, nascimento: 14/11/1978, naturalidade: Recife/PE, portadora da Cédula de identidade: 1.499.454 ITEP/RN e CPF: 030.640.834-14. Matrícula funcional n.º 114.288-7.

07 - IVÂNIA BARRETO MEIRELES, filha de José Antão de Meireles e Maria do Socorro Barreto, nascimento: 06/08/1975, naturalidade: Passagem/RN, portador da Cédula de identidade: 1.420.244-ITEP/RN e CPF: 898.157.774-91. Matrícula funcional n.º 114.693-9.




08 - LUCIANA CÂMARA DO NASCIMENTO, filha de João Batista do Nascimento e Lúcia Câmara do Nascimento, nascimento: 09/07/1977, naturalidade: Natal/RN, portador da Cédula de identidade: 1.377.102-ITEP/RN e CPF: 030.640.834-14. Matrícula funcional n.º 114.694-7.

09- SYLMARA CARVALHO DE ALMEIDA , filha de Benedito Canuto de Almeida e Raimunda Carvalho de Almeida, nascimento: 12/05/1975, naturalidade: Natal/RN, portadora da Cédula de identidade: 001.726.503-ITEP/RN e CPF: 022.522.004-05. Matrícula funcional n.º 114.695-5.

10 - SORAIA MARIA BEZERRIL, filha de Cremilson Gentil Bezerril e Francisca Maria da Silva Bezerril, nascimento: 04/05/1973, naturalidade: Natal/RN, portador da Cédula de identidade: 001.104.179-ITEP/RN e CPF: 022.641.234-27. Matrícula funcional n.º 114.696-3.

11 - JOSENEIDE XAVIER DE PAIVA, filha de José Arlindo Xavier e Analice Xavier de Paiva, nascimento: 07/04/1976, naturalidade: Natal/RN, portador da Cédula de identidade: 597.449-6-Min. Marinha e CPF: 022.507.924-02. Matrícula funcional n.º 114.697-1.

12 - MYRIA DE FREITAS SUASSUNA, filha de Luís Eleutério de Freitas e Zélia Suassuna de Freitas, nascimento 08/06/1970, naturalidade: Lucrécia/RN, portador da Cédula de identidade: 1.147.926-ITEP/RN, Matrícula funcional nº 111.524-3.

12 - AMANDA SOARES DE OLIVEIRA, filha de Josuel Soares de Oliveira e Nilcea de Oliveira Morais, nascimento: 10/11/1975, naturalidade: carioca, portadora da cédula de identidade n.º 1.632.177 ITEP/RN. Matrícula funcional n.º 108.030-0;

13 - EDMEIRY NEVES CASSIANO, filha de Manoel Cassiano e Ester Neves Cassiano, nascimento: 28/03/1979, naturalidade: natalense, portadora da cédula de identidade n.º 0313 PMRN. Matrícula funcional n.º 108.031-8; declarada aspirante em 20 de dezembro de 2000

14 - GEÓRGIA CRISTINA SOUZA CÂMARA, filha de Coronel PM Josemar Tavares Câmara e Fátima Maria Freitas Souza Câmara, nascimento: 02/10/1977, naturalidade: natalense, portadora da cédula de identidade n.º 06.179, RD PMRN. Matrícula funcional n.º 108.032-6






15 - LEYLA MACÊDO NICÁCIO SILVA, filha de Afrânio Nicácio Silva e Maria Lizete Macêdo Silva, nascimento: 14/12/1972, naturalidade: Picos-PI, portadora da cédula de identidade n.º 11.526 PMRN. Matrícula funcional n.º 113.760-3. Concluiu o ensino fundamental e médio no Educandário Nossa Senhora das Vitórias, na cidade de Assu-RN. Curso Profissionalizantes: Auxiliar de Enfermagem (1990), Enfermagem na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Mossoró), Motociclista Operacional-PMRN, Curso de Formação de Oficiais-PM-RN. Ingressou na PM em 1997, na condição de aluna-a-oficial, conforme PORTARIA Nº 077/97-DP-1, de 3 de novembro de 1997, concluindo o CFO em 2000 na Academia de Polícia Militar “Cel Milton Freire”, em Natal, já passou pelos postos de 2º tenente e 1º tenente.Grau de Escolaridade: 3º Grau completoFormação: Bacharel em Direito e Jornalista. É casada com o ex-vereador natalense e atual deputado estadual Francisco Gilson de Moura, natural de Patu, nascido a 14 de novembro de 1967


16 - MARIA HELENA MELO DOS SANTOS, filha do Coronel PM Francisco Libório dos Santos e Maria José de Melo Silva dos Santos, nascimento: 05/04/1973, naturalidade: natalense, portadora da cédula de identidade n.º 1.204.298 ITEP/RN. Matrícula funcional n.º 108.033-4. Casou-se em 30 de dezembro de 2000 com o Capitão PM Gaspar Enio Linhares.




17 - ANA PAULA DA SILVA DANTAS, filha de Manoel Felipe da Silva Dantas e Edinéia Tavares da Silva Dantas , nascida em 23 de junho de 1977, natural do Estado do Rio de Janeiro/RJ, portadora da Cédula de Identidade n.º 506.412-0/MM




18- MARINA RÉGIA GALHARDO ROCHA, filha de José Costa Rocha e Magnólia Galhardo Rocha, nascida em 21 de novembro de 1973, natural de Natal-RN, portadora da Cédula de Identidade nº 1132790-SSPRN,




19 - ANA HELENA GARCIA DE ARAÚJO, filha de Aldanir José de Araújo e de Maria do Carmo Garcia de Araújo, nascida em natal, natural de NATAL/RN,




20 - SINAIDA RÊGO MARCELINO, filha de Gilson José Fernandes Marcelino e de Cléia Carlos Rêgo Marcelino, nascido em 28/08/1971, natural de RECIFE/PE, portador da Cédula de Identidade CRO/RN 1781 e 1.204.644 SSP/DF, CPF 806.913.584-00, Certificado de Dispensa de Incorporação n.º NÃO POSSUI - 24ª CSM, matrícula 166.062-4;




21 - SUSIMARE SILVA SANTOS, filha de José Bento dos Santos e de Maria da Glória Silva Santos, nascido em 27/02/1974, natural de NATAL/RN, portador da Cédula de Identidade CRF/RN 1467 e 1.132.830 ITEP/RN, CPF 915.636.904-20, Certificado de Dispensa de Incorporação n.º NÃO POSSUI - 24ª CSM, matrícula 166.063-2
22 - . ANA PAULA DA SILVA DANTAS – Filiação: Manoel Felipe da Silva Dantas e Edinéia Tavares da Silva Dantas, nascida em 23 de junho de 1977, natural do Estado do Rio de Janeiro/RJ, portadora da Cédula de Identidade n.º 506.412-0/MM,
23 MARINA RÉGIA GALHARDO ROCHA – Filiação, José Costa Rocha e Magnólia Galhardo Rocha, nascida em 21 de novembro de 1973, natural de Natal-RN, portadora da Cédula de Identidade nº 1132790-SSPRN,

24 - ANA HELENA GARCIA DE ARAÚJO, filho de Aldanir José de Araújo e de Maria do Carmo Garcia de Araújo, nascida em natal, natural de NATAL/RN, portador da Cédula de Identidade 1008892 ITEP/RN,

25 - VIRGÍNIA KAROL DE ALBUQUERQUE – Filiação: Milton de Albuquerque e Fátima Maria Gomes de Albuquerque, nascida em 08 de julho de 1975, natural de Natal/RN, portadora da Cédula de Identidade n.º 2.030.786/ITEP-SSP




26 - EDILMA FERNANDES CAMPOS BEZERRA, filho de Carlos de Holanda Campos e de Francisca Fernandes Campos, nascido em 28/07/1972, natural de MOSSORÓ/RN, portador da Cédula de Identidade CRE/RN 63.346 e 1.145.862 ITEP/RN
27 - BETÂNIA DE OLIVEIRA SILVESTRE – Filiação: José Silvestre Sobrinho e Bernadete de Oliveira Silvestre, nascida em 12 de março de 1973, natural da cidade de Natal/RN, portadora da Cédula de Identidade n.º 1.567.131/SSP,




EXCLUSÃO DE ALUNO-OFICIAL - A pedido.



O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 4º, da Lei Complementar n.º 090, de 04 de janeiro de 1991, combinado com o artigo 4º, do Decreto Estadual n.º 11.519, de 24 de novembro de 1992.
RESOLVE, excluir a pedido do estado efetivo desta Corporação, o Aluno-Oficial PM, matrícula n.º 114.694-7, LUCIANA CÂMARA DO NASCIMENTO, filha de João Batista do Nascimento e Lícia Câmara, nascido em 03 de julho de 1977, na cidade de Natal/RN, por haver pedido desligamento do Curso de Formação de Oficiais, ora em funcionamento na Academia Cel Milton Freire, mediante requerimento datado de 04 de janeiro de 2000, de acordo com o artigo 112, inciso I, parágrafo 1º, da Lei nº 4.630, de 16 de dezembro de 1976 (Estatuto dos Policiais Militares da PM/RN), combinado com o artigo 42, inciso II, do Decreto nº 14.055, de 09 de julho de 1998. (RAPM).
2. Os órgãos competentes para as providências decorrentes.
3. Arquive-se na DP.
Quartel do Comando Geral da PM/RN, em Natal/RN, 17 de janeiro de 2000, 112º da República.




DESLIGAMENTO DE ALUNO OFICIAL



PORTARIA N.º 002 /2001-DP, DE 02 DE JANEIRO DE 2001.
O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 4º, da Lei Complementar n.º 090, de 04 de janeiro de 1991, RESOLVE:
1. Desligar das fileiras da Polícia Militar a Al Of PM VIRGÍNIA KAROL DE ALBUQUERQUE, Filha de Milton de Albuquerque e Fátima Maria Gomes de Albuquerque, nascida em 08 de julho de 1975, natural de Natal/RN, portadora da cédula de identidade nº 2.030.786/ITEP-SSP, CPF nº 875.916.184-15, por haver sido prolatada pelo Exmº Sr. Desembargador Aderson Silvino decisão de suspensividade da tutela antecipada nº 001.00.013982-4;
2. Os órgãos envolvidos adotem as providências cabíveis.
3. Publique-se.



PRIMEIRA TURMA DE SOLDADO FEMININO


DA PMRN FOI FORMADA NO DIA 21 DE DEZEMBRO DE 1990
A primeira turma do Curso de Soldado Feminino da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, teve sua solenidade de formatura às 9 horas do dia 21 de dezembro de 1990 (sexta-feira) no CFAP-Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, em Natal. Estiveram presentes o governador do Estado Geraldo Melo, o Comandante Geral da PMRN, Coronel Virgílio Tavares da Silva, o Chefe da Casa Militar, coronel Armindo Medeiros de Aguiar, o Chefe da Casa Civil, o coronel Uruhary Nunes do Nascimento e o comandante do CFAP, Major José Ribamar Rocha, entre outras autoridades civis e militares.
O CFSd-Feminino preparou 57 policiais femininos. Ela atuar em setores burocráticos da Polícia Militar, e em serviços de âmbito social, como em aeroportos, escolas, centros de turismo, e outros locais de grande fluxo de pessoas, lidando principalmente com idosos, mulheres e crianças. Elas tiveram como primeira comandante a Tenente Angélica Fernandes de Oliveira, a qual declarou que o ingresso de mulheres nos quadros da Polícia Militar, tem o objetivo de “humanizar a polícia e descaracterizar a imagem repressiva que a polícia naturalmente impige, até pela própria natureza. A instrutora assegurou que o aproveitamento da polícia recém-formada, foi “sem dúvida satisfatório”. Os policiais militares femininos demonstram um maior espírito de “companhia”, mais companheirismo e facilidade de entrosamento bastante disciplinado”, enfatizou a tenente Angélica Fernandes. As policiais militares femininos dão apoio aos policiais militares masculinos, e estão preparadas também, as vezes, superior ao homem, para enfrentar casos de abordagem e repressão policial.
O CFSd-Feminino teve início no dia 11 de setembro de 1990, que teve duração de 740 horas aula. Dentre as disciplinas: defesa pessoal, armamento, tiro, relações humanas, técnicas policial e militar, técnicas de abordagem, socorro de emergência. As policiais militares femininas foram encaminhadas para o Quartel do Comando Geral.
Sâmara Faustino de Medeiros, uma das policiais recém-formada pelo CFAP, justificou a escola pela carreira militar com a afirmativa de que: É importante desenvolver um trabalho que envolva completamente, e a carreira de policial é na minha opinião uma atividade que exige total dedicação”. O soldado feminino declarou ainda que pretende avançar na carreira policial militar, e assim que lhe for possível, ingressará no Curso de Formação de Oficiais.

A seguir relacionaremos pelo princípio de merecimento intelectual as 10 primeiras colocadas no CFSd Fem 90.1. Eis a relação:
1º - AL SD PM FEM Nº 90.210 – SILVIA BEZERRA DANTAS, com grau de 9.32;
2º - AL SD PM FEM Nº 90.170 – DENIZE DIAS DE ALEXANDRIA, com grau de 8,83;
3º - AL SD PM FEM Nº 90.176 – GEISA DA SILVA, com grau de 8,81;
4º - AL SD PM FEM Nº 90.201 – MIRIA DE FREITAS SUASSUNA, com grau de 8,62;
5º - AL SD PM FEM Nº 90.173 – ELIANE BEZERRA DE FRANÇA, com grau de 8,43;
6º - AL SD PM FEM Nº 90.185 – LIDIANE MARIA CLEMENTINO, com grau de 8,40;
7º - AL SD PM FEM Nº 90.207 – ROSÂNGELA DE PAIVA XAVIER, com grau de 8,37;
8º - AL SD PM FEM Nº 90.179 – ISABELLE NOBRE CÂMARA, com grau de 8,25;
9º - AL SD PM FEM Nº 90.168 – CÉLIA MARIA LINES DE MELO, com grau de 8,24;
10º - AL SD PM FEM Nº 90.190 – DALMÁCIA ARAÚJO MOUSINHO, com grau de 9.32;
TODAS AS TURMAS DE SOLDADOS : FEMININO

mais

mais

mais

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
O QUE VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 16 BLOGS, 1350LINKS, DOIS ORKUTS, UM YOUTUBE, UM FACEBOOK,UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1373 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A 29 DE OUTUBRO DE 2008 (QUARTA-FEIRA), PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Quem sou eu

Minha foto
Jose Maria das Chagas, nasci no sítio Picada I. em Mossoró-RN,filho do assuense MANUEL FRANCISCO DAS CHAGAS e da mossoroense LUZIA FRANCISCA DA CONCEIÇÃO, com 14 irmãos. Ingressei nas fileiras da gloriosa e amada Polícia Militar do Rio Grande do Norte no dia II-VII-MCMLXXX com o número 80412. Casei-me em XV-IX- MCMLXXXIII com a apodiense MARIA ELIETE BEZERRA (XXIII-VIII-MCMLXIII), pai de 5 filhos: PATRÍCIA ( NASCIDA A XVII - VIII - MCMLXXXIII FALECIDA EM VIII - XI - MCMLXXXV), JOTAEMESHON WHAKYSHON (I - X - MCMLXXXVI), JACKSHON (FALECIDO) E MARÍLIA JULLYETTH (XXIX - XI - MCMXC).Atualmente convivo com outra apodiense KELLY CRISTINA TORRES (XXVIII-X - MCMLXXVI), pai de JOTA JÚNIOR (XIV - VII - IMM). JÁ PUBLIQUEI TRÊS TRABALHOS: CHIQUINHO GERMANO -A ÚLTIMA LIDERANÇA DOS ANOS 60 DO SERTÃO POTIGUAR, COMARCA DE APODI EM REVISTA e A HISTÓRIA DA COMPANHIA DE POLÍCIA MILITAR DE APODI

Minha lista de blogs